Software de Gestão do Conhecimento para Trabalhos Acadêmicos

Clique AQUI para mais informações!

domingo, 10 de abril de 2011

SADA CRUZEIRO TEM TORCIDA ORGANIZADA HOMOFÓBICA?


Partida de vôlei em 1º de abril, sexta-feira passada, na abertura das semifinais da Superliga, disputada no no Ginásio do Riacho em Contagem-MG tem suposta manifestação homofóbica.

Michael Santos, jogador do time Vôlei Futuro, assumidamente homossexual, teria sido alvo de torcedores do Sada Cruzeiro Esporte Clube em jogo transmitido para todo o Brasil pelos canais SporTV e Esporte Interativo.

O jogador homossexual declarou ter seu desempenho em quadra prejudicado, descreveu uma torcida rival organizada: velhos, mulheres, crianças, meninos, meninas, gritaram em coro ofensas. Segundo ele, teria gritado as palavras “bicha” e “gay”.

O resultado da partida foi Sada Cruzeiro 3 X 2 Vôlei Futuro. O blogueiro Bruno Voloch (Uol) deu nota 10 para a torcida do Sada Cruzeiro e escreveu que a torcida era um exemplo de comportamento a ser seguido.

Mas, o Vôlei Futuro divulgou nota oficial protestando contra a atitude da torcida adversária e, nesta terça-feira (5), entrou no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra a homofobia sofrida por seu jogador.

Pelo outro lado, o Sada Cruzeiro se defendeu: “Em quadra, as duas equipes cumpriram aquilo que se espera delas e fizeram um bonito jogo. O resultado obtido por nossa equipe foi dentro de quadra, graças à luta, competência e qualidade dos nossos atletas e comissão técnica. Tentar desvirtuar essa vitória é característica de mau perdedor, que não valoriza e nem respeita o esforço do adversário. Sobre a torcida, a equipe Sada Cruzeiro não incentiva e nem apoia atos considerados como preconceituosos. Ao contrário, sempre pede que todos sejam tratados com respeito. Após a partida, funcionários da equipe Sada Cruzeiro viram vários atletas do Vôlei Futuro, como Leandro Vissotto, Mário Jr. e Michael (Santos) tirando fotos e dando autógrafos para os torcedores, em sua maioria crianças e mulheres, num clima comum a um jogo de vôlei. Nenhuma confusão”.

Os árbitros da partida não relataram denúncia de homofobia em súmula.

Consultas: Jornal Nacional (5 de abril 2011); Cada Minuto ; R7

Fonte: http://belverede.blogspot.com/2011/04/cruzeiro-tem-torcida-organizada.html


ACESSE:

Não compro produtos de patrocidadores e empresas (Alameda Quality Center, Reunidas, IRIZAR, Netshoes, Eaton, Pirelli, Grupo Caminho, Lorenzetti, Phisicus) que estimula a destruição da família e a Ordem Natural e Divina do Homem e da Mulher, tão fundamental e sine qua non para a sustentatibilidade da sociedade na perspectiva cristã!


http://luis-cavalcante.blogspot.com/2011/04/nao-compro-produtos-de-patrocidadores-e.html